sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Implantação de HPS na Zona Sul depende de verbas


Foto: Elson Sempé Pedroso
A Comissão de Economia, Finanças, Orçamento e do Mercosul (Cefor) reuniu-se nesta terça-feira (18/8) juntamente com o Grupo de Trabalho coordenado pelo vice-presidente do Hospital Parque Belém, Artur Benedito Pereira Filho, para tratar da implantação do Pronto Socorro da Zona Sul de Porto Alegre.
Durante a reunião, o médico Pereira Filho fez uma breve demonstração dos estudos existentes para viabilização do Pronto Socorro junto ao Hospital Parque Belém e disse que há dez anos as comunidades da região reivindicam a construção do HPS-Zona Sul. "O gestor público tem que ser parceiro nesta reivindicação de garantir à população da zona sul o direito de uma vida saudável. É necessária a formação de uma comissão com a finalidade de elaborar um projeto que viabilize, junto ao orçamento da União, verbas para a implantação do HPS-Zona Sul", afirmou.
O vereador Airto Ferronato, presidente da Cefor, lembrou que no Plano Plurianual 2010/2013 foi aprovada emenda de R$ 200 mil, com a finalidade de agilizar a implantação do HPS-Zona Sul. "É fundamental que o projeto seja elaborado destacando as necessidades financeiras, especialmente de recursos humanos e jurídico-administrativos. Com o projeto elaborado, a Cefor agendará reunião com a bancada federal gaúcha, através do seu coordenador, deputado Beto Albuquerque (PSB), para que sejam pleiteadas emendas no orçamento da União que viabilizam o início da implantação do HPS-Zona Sul", disse o vereador.
Durante a semana, um grupo de vereadores representantes da Cefor reuniu-se com o Secretário Estadual de Saúde, Osmar Terra, para reivindicar que uma das quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPA) previstas para serem implantadas em Porto Alegre seja junto ao Hospital Parque Belém.
O próximo encontro da Cefor sobre esse assunto ficou marcado para o dia 29 de setembro, quando será apresentado o anteprojeto detalhado e o resultado da reunião com a bancada federal gaúcha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário