quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Proposta prevê identificação de produtos adulterados


Diante da gravidade da situação imposta recentemente por produtores de leite preocupados somente com seus lucros, em detrimento da saúde da população, Airto Ferronato apresentou projeto de lei para disciplinar o comércio de produtos envolvidos em casos de adulteração. A proposta prevê a colocação de cartaz ou placa, em local visível ao público, identificando marcas de produtos nos quais tenha sido detectada a adição de substâncias  impróprias. O objetivo é que a população tenha conhecimento dos casos de adulteração antes de decidir a compra.
“São repetidas as ocorrências de crimes bárbaros contra os cidadãos por parte de empresas e pessoas físicas que insistem na prática de ‘envenenamento em série’ do leite consumido pela população”,  justifica Ferronato, lembrando que a presença de produtos impróprios na bebida e em outros alimentos causa danos à saúde pública, principalmente de bebês, crianças e idosos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário