quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Ferronato acredita em restauração da Casa Elétrica




A pedido da Associação dos Amigos da Casa Elétrica, por proposição do vereador Airto Ferronato (PSB), está agendada uma reunião da Comissão de Economia, Finanças e Orçamento da Câmara Municipal, em 6 de outubro, às 10h, sala 301 das comissões, para discutir a recuperação da Casa Elétrica, que foi um dos primeiros estúdios de gravação do mundo no começo do século XX, e onde registra a historiografia – o primeiro local onde um tango foi gravado na América do Sul. Ferronato acredita que pelo alcance histórico-cultural e com a mobilização dos amigos da Casa é possível reverter o quadro de deterioração e restaurá-lo.


Segundo o vereador, a proposta é que a Prefeitura compre o imóvel situado no Bairro Glória, trocando por índices de construção com os proprietários da área, como já é a ideia dos líderes do movimento, e posteriormente, por meio da Lei Rouanet, promova a reforma e revitalização da área. Na opinião de Ferronato, o ideal é que a Casa Elétrica seja transformada em Centro Cultural, mas que em seu interior seja montado um estúdio de gravação com gestão pública, como forma de democratizar o acesso de músicos populares e de periferia à gravação de seus trabalhos. “Com o advento das tecnologias de gravação digital, a montagem de um estúdio de som é barata e pode ser plenamente concretizada”, aposta o vereador.


Texto: Fernando Cibelli de Castro RTB 6881 Foto: Panda Filmes


Nenhum comentário:

Postar um comentário